Com o que as grandes empresas se preocupam

Se o que “faz” uma empresa de sucesso é o conjunto de:

(1) Missão: propósito claro;
(2) Valores comunicados e vividos;
(3) Modelo de Negócios: o como ganhar dinheiro, o que não pode ser estático mas evoluir com o cliente;
(4) Gente: competente, treinada e comprometida; e
(5) Processos: orientados ao cliente, necessários, simples, claros e suportados por tecnologia.

O sucesso também depende de se preocupar com o essencial. E o essencial se resume a:

(1) Crescimento:
Um negócio saudável cresce. Crescimento é a materialização da aprovação do cliente aos produtos e serviços oferecidos pela empresa. E o crescimento pode ser atingido por conquistar novos clientes ou vender mais (ou mais caro) para os mesmos clientes.

(2) Ativos:
Ativos são bens e direitos que possuem potencial de geração de caixa, podem ser usados como se achar melhor; e são de sua propriedade.

(3) Lucro:
Lucro é a validação do modelo de negócios. Sua existência atesta a sustentabilidade do negócio.

(4) Geração de Caixa:
O lucro ajustado pela variação de capital de giro, pelos dividendos pagos e pelos investimentos (capex) é o caixa gerado. Caixa é mais do que apenas uma unidade de medida, sendo o que permite a sobrevivência e a independência.  Caixa dá liberdade, permite cometer erros e concede tempo para fazer escolhas. Três perguntas que são constantemente feitas:  O negócio está gerando caixa?; De onde vem o caixa?; Onde o caixa está sendo aplicado?

Em oposição aos 4 elementos essenciais do sucesso, as principais razões de fracasso, nos negócios, são:

(1) Não tratar o negócio como uma entidade separada;
(2) Não conhecer os detalhes do seu negócio;
(3) Diversificação em negócios que não se conhece (perda de foco);
(4) Investir em demasia;
(5) Financiar-se de forma indevida;
(6) Não olhar ao redor! Desprezar o que ocorre ao redor, o ambiente em que se está inserido;
(7) Achar que as coisas vão melhorar mesmo que não haja indicação neste sentido! Esse é um traço familiar ao Brasileiro e, muito arriscado!

Existem algumas fórmulas básicas que grandes empresas de sucesso dão atenção:

(1) Rentabilidade

A. Retorno sobre Investimento = Margem x Velocidade

i. Margem = Lucro/vendas
ii. Velocidade = Vendas/ativos

B.    Vendas  (-) Custos Variáveis = Contribuição

i. Unidades vendidas x Contribuição por Unidade

C.    Contribuição (-) Custos Fixos = Lucro

i. Custos Variáveis: variam com o volume de produção
ii. Custos Fixo: são fixos, não importando o volume produzido

(2) Decisões de Investimento

A. VPL = Valor Presente Líquido

Valor dos caixas gerados no futuro pelo investimento descontados a uma taxa “x”, comparado ao investimento inicial. Se os valores gerados são superiores ao investimento, investir!

B. Prazo de Pagamento do Investimento

Valor dos caixas gerados no futuro dividido pelo valor do investimento inicial. Quanto menor o prazo melhor!

C. Taxa do Retorno do Investimento

É a taxa que iguala o valor presente dos fluxos de caixa futuro ao investimento inicial. Se superior a taxa desejada, investir!

 

A complexidade das grandes empresas as forçam a focarem no que é essencial, do contrário se perderão. Podemos aprender nelas inspirando-nos na essencialidade e não caindo na tentação de copiar sua complexidade e burocracia.

Caso precise de ajuda para começar, conte conosco. Contate-nos enviando uma mensagem para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Na 2B Partners Consulting auxiliamos empresas a endereçarem questões como as acima, via o portfólio de serviços que oferecemos:  consultoria com foco em melhoria de operações e eficiência organizacional, conselho consultivo, gestão interina, aplicações gerenciais e assessoria financeira. Contate-nos para obter maiores informações enviando um email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.   

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.| Conselho Consultivo | Gestão Interina